Intenção de Busca e Seleção de Palavras-Chave para SEO

Intenção de Busca e Seleção de Palavras-Chave para SEO

No meu último post sobre SEO, exploramos algumas das nossas ferramentas favoritas para criar um universo robusto de palavras-chave. No post de hoje, vamos analisar o uso dessas palavras-chave em seu site ou blog. Também revisaremos como localizar facilmente os volumes de pesquisa do Google e aprenderemos porque a intenção de busca é tão importante. Depois, fornecerei algumas dicas sobre como restringir esta lista para obter as melhores oportunidades de conversão dessas pesquisas em receita.

Criando uma Estratégia Sólida de Palavras-Chave

Na última publicação dessa série sobre SEO, mostrei para vocês nossas ferramentas favoritas para encontrar ideias e opções de palavras-chave. Ao longo do post, você foi deasfiado a procurar seus próprios termos de pesquisa, e agora que você tem sua lista de ideias de palavras-chave, é hora de extrair dados das frases que você montou para decidir quais os melhores termos para usar em seu site ou blog. Nós defendemos o uso dos dados nesta etapa do processo de planejamento pois eles nos auxiliam a seguir o caminho certo. Para esta tarefa, sugerimos o uso do KW Finder, e nesse post é a única ferramenta de SEO que iremos utilizar para extrair dados sobre volumes e tendências.

Usando o KW Finder para Análise e Seleção de Palavras-Chave

Domine a Arte da Análise e Seleção de Palavras-Chave para SEO

Comece acessando o KW Finder. No nosso exemplo, selecionamos o Brasil como localização da análise, e digitamos manualmente uma lista de palavras-chave sobre lojas virtuais. Depois do processamento, é possível visualizar minhas palavras-chave classificadas por critérios como volumes mensais de pesquisa, custos de anúncios PPC ou concorrência de palavras-chave.

Domine a Arte da Análise e Seleção de Palavras-Chave para SEO

Também posso clicar em qualquer linha de palavra-chave para ver dados e tendências de classificação no lado direito da página. Isso ajudará você a ver se uma palavra-chave está subindo ou descendo com popularidade e se você tem concorrentes fáceis ou difíceis. Veja, por exemplo, a análise da palavra “ecommerce”. Ela está numa forte tendência de alta, e possui alguns importantes concorrentes, difíceis de serem alcançados.

Posso visualizar esses dados on-line e exportar facilmente minha análise de palavras-chave de SEO para o Excel. Para fazer isso, basta clicar na caixa de seleção todos e, em seguida, Exportar. Sugerimos que o próximo passo seja revisar os dados offline.

Entender a Intenção de Busca é Essencial

Antes de começarmos a finalizar as palavras-chave, precisamos dar um passo atrás e pensar na intenção de busca. Isso nos impedirá de seguir um caminho de frases imprecisas que não se alinham ao nosso público-alvo. Esse termo parece assustador, mas você não precisa se deixar intimidar. O conceito não é tão difícil de entender se você tentar pensar como o Google. A intenção de busca simplesmente se refere às intenções de um humano ao realizar uma pesquisa.

Domine a Arte da Análise e Seleção de Palavras-Chave para SEO

Por exemplo, quando um usuário pesquisa no Google por “cachorro-quente”, ele quis dizer um cachorro quente ao sol ou ele realmente queria resultados relacionados ao cachorro-quente de comida? Entender o que o usuário esperava receber para uma determinada frase de pesquisa é a intenção da pesquisa. Você pode se surpreender ao saber que o Google é muito bom em descobrir isso hoje em dia.

Os Diferentes Tipos de Intenção de Busca

Existem quatro tipos principais de intenção de busca.

  • Navegação – As pesquisas de navegação são realizadas com a intenção de navegar diretamente para um site específico. São pesquisas diretas de uma marca, empresa, site ou pessoa.
  • Informativo – Esta é a maior categoria e normalmente representa pessoas que procuram respostas rápidas, como receitas, resultados esportivos, clima local, a cura para sua doença ou doença atual.
  • Comercial – Pesquisas de investigação (que antecederam a compra) que ajudam o comprador a encontrar informações. Estes podem estar relacionados ao consumidor ou aos negócios.
  • Transacional – Essas pesquisas são principalmente para compras ou conclusão de uma tarefa, como a inscrição em um serviço.
    Na minha lista acima de palavras-chave, a frase “o que é marketing digital” é uma pesquisa informativa. O usuário está procurando informações e ainda não está pronto para comprar. Nos resultados deste termo de pesquisa, veremos uma mistura de dados do gráfico de conhecimento do Google, que inclui um painel de conhecimento, as pessoas também perguntam, vídeos, principais histórias, setores comerciais e hobbies criativos.

A Intenção de Busca Importa

Muitos anos atrás, costumávamos “manipular” os resultados da pesquisa porque a intenção de busca não era tão importante quanto no ambiente de pesquisa atual. Por “manipular”, quero dizer que poderia alcançar frases que estão fora da minha área de foco principal. No mundo atual, é muito mais difícil buscar palavras-chave e frases que não estejam diretamente relacionadas ao seu conteúdo. A razão para isso é que o Google é inteligente e entende o que o usuário deseja, garantindo que os resultados correspondam exatamente a esse desejo. Não se desvie da intenção de pesquisa ou você se sentirá frustrado e sentado na página 20 da página de resultados dos mecanismos de pesquisa!

Como Restringir sua Lista de Palavras-Chave com Base na Relevância

Você não será classificado em todas as frases de palavras-chave que desejar, por isso precisará escolher suas batalhas. Gosto de começar com uma lista grande quando faço um brainstorm de ideias e depois as reduzo a um nível gerenciável. À medida que você percorre sua lista de palavras-chave para fazer sua seleção, você sempre precisa manter o foco no mercado-alvo e no que eles precisam. É por isso que começamos a nossa série de artigos gastando tanto tempo nas personas de sites e nos pontos problemáticos de seu público-alvo! Revise cada frase da sua lista e pense em quais frases seriam mais atraentes para o seu público. Depois, pense em como essas frases se alinham ao que você oferece. Se uma frase não corresponder ao seu mercado-alvo e sua oferta, você precisará eliminá-la.

#01 – Para Palavras-Chave Zero Não é Realmente Zero

Os volumes de pesquisa que você vê às vezes apresentam valores em branco, e esse espaço em branco indica um volume de pesquisa zero. Dito isto, zero não é realmente zero e eu tenho dados reais do Google para apoiar essa teoria. Como parte do nosso processo de desenvolvimento da lista, extraímos frases do Google Analytics e do Google Search Console. Essas frases foram usadas por um ser humano real para acessar meu site ou o do meu cliente.

Portanto, eu sei que há um volume de pesquisa para essas frases. Quando conecto essas frases no KW Finder, não recebo nenhuma atividade de pesquisa. Se o KW Finder extrai seus dados da API do Google, porque isso acontece? Afinal, existe um volume de pesquisa e o Google Search Console me disse isso! Isso é frustrante para mim e será frustrante para você. Lembre-se de que zero pode significar zero ou pode ser que o Google não forneça dados.

#02 – Analise os Lances de PPC

Vamos deixar claro que não estou sugerindo PPC e o pagamento por anúncios, mas sugerimos analisar os valores dos lances de PPC porque acreditamos que esse ponto de dados pode ser uma indicação de termos de pesquisa com alta conversão. Como queremos termos de pesquisa com alta conversão, revise sempre os valores de PPC para ver se você deseja buscar na pesquisa orgânica por esses termos.

#03 – Priorize suas Palavras-Chave

Agora que temos nossa lista de palavras-chave e volumes de pesquisa, podemos começar a revisá-las em detalhes. Sugerimos fazer isso usando uma metodologia de pontuação. Damos uma classificação simples de 1 (Alta), 2 (Média), 3 (Baixa) e 4 (Nenhuma) à medida que analisamos as frases. Os números nos permitirão classificar rapidamente a planilha por classificação. Ao classificar suas palavras-chave, você as classifica em ordem, com base na proximidade com o seu público-alvo, seus pontos negativos e o que você faz para resolver esses pontos negativos. Pode soar repetitivo porque você precisa ficar atento a essa ideia! Ela é o núcleo da pesquisa e seleção bem-sucedidas de palavras-chave.

Controle suas Frases na Pesquisa

Antes de “bater o martelo” sua lista de palavras-chave , é preciso que você as revise nos resultados de pesquisa do Google. Esta é uma tarefa fácil, mas importante!

#01 – Pegue sua lista de palavras-chave específicas.

#02 – Abra uma nova janela do navegador sem histórico ou contas conectadas ao Google. Normalmente, uso o Chrome para todas as minhas atividades normais e uso o modo de navegação privada.

#03 – Pegue sua primeira frase e procure-a no Google. Depois, reserve um momento para revisar os resultados. Faça a si mesmo algumas perguntas.

  • Os resultados da pesquisa estão alinhados ao meu público-alvo?
  • Estão alinhados com o que eu ofereço?
  • Incluem registros de nível nacional, local ou uma mistura de resultados?
  • Qual a qualidade do conteúdo apresentado? É velho e datado ou curto e incompleto?
  • Posso criar um conteúdo melhor?

#04 – Por fim, remova qualquer coisa que o assuste ou que não pareça adequada.

Finalize sua Lista de Palavras-Chave

Agora que você passou pela priorização de palavras-chave e pela verificação de seus termos na pesquisa, deve ter uma lista sólida de frases para usar no mapeamento de palavras-chave. Antes de começarmos, quero responder a uma pergunta que sempre me perguntam: quantas palavras-chave preciso? Não existe uma resposta padrão, pois varia muito de acordo com o tipo de site ou blog, setor, foco geográfico etc. Basta selecionar uma quantia que pareça ajudar a fornecer um plano sólido para avançar com o SEO. Se você tiver palavras-chave suficientes para atrair o tráfego que deseja, deve começar. Pelo menos por enquanto. Costumo fazer pesquisas de palavras-chave a cada seis meses e, quando você começar, provavelmente também desejará.

Nos Próximos Posts

Percorremos um longo caminho nesses três primeiros posts e continuaremos nossa jornada de SEO com o mapeamento de palavras-chave e o planejamento de conteúdo. Depois de concluirmos o mapeamento de palavras-chave, você terá um plano e uma estratégia sólidos para os esforços de SEO!

José Luís Vieira

CTO & Founder
Experiente Engenheiro de Computação, mestre e doutorando, com histórico comprovado de atuação no setor de tecnologia da informação e serviços. Excelente comunicador com sólida formação técnica. Especialista em soluções Web, Cloud e AI.