SEO é uma Jornada e Não um Destino

SEO é uma Jornada e Não um Destino

SEO é a abreviação do termo em inglês Search Engine Optimization, que em uma tradução literal significa otimização para motores de busca. É o trabalho de SEO que determina qual site aparece primeiro quando uma busca é realizada em um mecanismo como o Google. Um trabalho de SEO eficaz é dividido em duas grandes frentes: peformance e conteúdo. A primeira diz respeito à parte técnica do site, da sua construção até sua hospedagem, e é fundamental para o sucesso da iniciativa. A segunda trata de responder às perguntas que seus clientes fazem, produzindo conteúdo autoral e relacionado ao respectivo mercado. Nesse post, iremos abordar sobre a relação entre SEO e conteúdo: a importância de se conhecer e conhecer seus clientes. Num post futuro, trataremos da parte técnica e de performance.

SEO é uma Jornada e Não um Destino

O SEO é uma ferramenta extremamente poderosa para pessoas e empresas. Ele possibilita que o inbound marketing tenha um fluxo constante de entrada de leads qualificados, aumentando as taxas de conversão dos sites já que os usuários permanacerão nele por mais tempo. Nenhum outro canal pode oferecer uma entrega focada e de longo prazo como esse, então por que tantas pessoas o ignoram? Acredito que tamanha hesitação se dá simplesmente porque a maioria das pessoas não sabe por onde começar! O processo de SEO pode parecer intimidador e difícil, e até admito que pode ser assustador, mas também afirmo categoricamente que não precisa ser: existe uma maneira muito fácil de começar o SEO e garantir que você esteja se posicionando para o sucesso!

Olhar Além Dos Dados E Olhar Para As Personas Do Site

Uma etapa essencial do SEO é simplesmente descobrir quem você é e esclarecer quem você serve. Fazer perguntas é uma etapa crítica que a maioria dos empresários tendem a ignorar e, como ignoram, eles se preparam para o fracasso. Quando tratamos com nossos clientes sobre SEO, sempre discutimos as personas do seu negócio, porque elqs constroem uma base para tudo o que se segue. Essas personas são cruciais porque:

  • Diferentes grupos de pessoas têm problemas diferentes;
  • Quando grupos de pessoas têm problemas diferentes, eles também têm necessidades diferentes;
  • Com necessidades diferentes existem respostas ou soluções diferentes;
  • Com respostas variadas, você obtém diferentes termos e frases diferentes que as personas utilizam para procurar suas soluções;
  • Ao visualizar diferentes grupos e criar listas de palavras-chave iniciais para cada grupo, você expande exponencialmente o universo de palavras-chave e as oportunidades de classificação na pesquisa.

Se você não sabe definir seu negócio tampouco identificar seu cliente, não pode entender o que ele precisa muito menos como ajudá-lo, e essa falta de informações impossibilita a criação de uma estratégia de SEO bem-sucedida. Ao fazer perguntas, estamos criando um conjunto de variáveis que podemos usar para pesquisar, analisar e executar ações. As respostas definirão nosso público-alvo e nos ajudarão a saber o que é importante para eles. Mais importante ainda, essas respostas nos permite focar nos problemas dos clientes, nas soluções que eles procuram e como podemos ajudar.

A Verdade no Processo

A verdade é que a base de um processo de SEO é uma grande mistura de perguntas e respostas. As pessoas visitam os mecanismos de pesquisa (como Google e Bing) para encontrar respostas para suas perguntas, e o trabalho desses mecanismos é localizar a melhor resposta para um determinado questionamento. Quando você executa o SEO adequadamente, está criando um roteiro para ajudar os motores de busca a localizar seu conteúdo. É como se o seu conteúdo desse match com uma determinada pergunta. Simples, certo? Sem rodeio algum, estamos falando apenas de perguntas e respostas: para que o SEO seja bem sucedido você precisa começar a pensar em quem você atende, quais perguntas seus clientes fazem e como você pode ajudar a respondê-las.

Comece com as Peguntas Certas

Você sabia que o marketing está entrelaçado com a psicologia? No centro dessa conexão está a Hierarquia de Necessidades de Maslow. Essa teoria motivacional é um modelo de cinco níveis que representam o que impulsiona as ações de um ser humano. Tudo se resume ao fato de que todos nós temos um grau variado de necessidades em fisiologia, segurança, amor e pertença, estima e auto-realização. Essas necessidades influenciam nosso comportamento e determinam a maneira como interagimos com o mundo ao nosso redor.

Isso está intimamente ligado ao SEO porque as pessoas pesquisam com base em suas necessidades em um determinado momento, e isso varia de acordo com o local em que elas estão em sua jornada de informação. Inegavelmente algumas pesquisas serão básicas, enquanto outras serão mais avançadas. Alguns clientes estarão no início de um processo e outros no final. Alguns podem ser informativos e outros podem ser transacionais. A Bain and Company criou uma versão B2B denominada The B2B Elements of Value da Hierarquia de Maslow. Essa versão traduz as idéias principais ta teoria de Maslow em marketing moderno para empresas B2B. A chave para os profissionais de marketing B2C e B2B é encontrar a interseção do seu público-alvo e o que você oferece. Com toda a certeza saber onde você está na Hierarquia de Necessidades é crucial, mas não se assuste! Isso tudo é mais simples do que parece.

The B2B Elements of Value

Exercício de SEO para Encontrar as Personas do Seu Site

Vamos começar sua jornada de SEO, fazendo as seguintes perguntas e documentando suas respostas. Por certo lembre-se de que eles podem estar relacionados a você, sua empresa ou seu produto ou serviço. Escreva tudo, deixe sua mente livre e documente o caminho que ela percorre.

  • Quais são as suas áreas de especialização?
  • Quais são algumas das suas maiores habilidades?
  • Pelo o que você está interessado?
  • Existe um nicho específico que é mais importante para você do que outros?
  • Quais benefícios você oferece aos seus clientes?
  • O que o diferencia dos seus concorrentes?
  • Quando você teve sucesso no passado, por que seus clientes escolheram seu serviço ou compraram seus produtos? O que eles disseram?
  • Quando você pensa nos depoimentos de clientes existentes ou nas análises on-line, o que seus clientes disseram sobre você e suas ofertas?
  • No final do dia, de quais realizações você se orgulha?
  • Como você normalmente descreve sua empresa para um cliente em potencial?

Agora olhe sua resposta com novos olhos e substitua qualquer palavra da moda ou jargão da indústria que as pessoas “normais” não entenderiam (pessoas de fora de sua cabeça, não especialistas). Nesse sentido refaça suas respostas como se estivesse explicando isso a sua avó ou a uma criança pequena. Ao fazer isso você se aproxima de quais termos as pessoas normais usam ao pesquisar. Dessa maneira, voltamos à discussão do início desse post, pois assim você está debatendo quem você é, quem você serve e como os ajuda. É desse ponto em diante que podemos começar a pensar em criar um universo de palavras-chave e formular um plano para a criação de conteúdo.

Perguntas Adicionais Sobre SEO

Agora que fizemos uma investigação inicial, vamos explorar quais personas podemos ter para o nosso público-alvo. Para fazer isso, temos mais perguntas.

Quem Você Atende?
  • Homens ou mulheres?
  • Crianças, adolescentes ou adultos?
  • Consumidores ou empresas?
  • São universidades, empresas de nível empresarial ou pequenas empresas?
  • Iniciantes ou avançados?
  • Eles têm posições diferentes como iniciante, gerente ou executivo?
  • Falam línguas diferentes?
  • Vivem em diferentes regiões?
  • Têm orçamentos diferentes e preços desejados para bens e serviços?
Como você pode agrupá-los?
  • Idade ou sexo;
  • Nível de renda;
  • Localização geográfica;
  • Posição profissional, ocupação ou departamento;
  • Indústria;
  • Tamanho da empresa;
  • Fase do processo de compra;
  • Tipo de produto ou serviço;
  • Status do cliente (prospect, novo cliente, cliente recorrente).

Praticamente todo site ou blog tem algum tipo de grupo dentro de seu público-alvo. Independentemente do setor, sempre podemos encontrar personas de sites. Às vezes, pode haver apenas duas, às vezes dez… não é um cálculo exato! Pesquise para saber exatamente quem você serve e como os agruparia.

Critérios De Persona Do Site

Depois de definir seus grupos, precisamos de mais informações sobre eles. Nossa lista recomendada para documentar as personas de sites inclui:

  • Nome;
  • Descrição;
  • Metas e / ou objetivos;
  • Frustrações, desafios e pontos de dor;
  • Necessidades;
  • Processo e critérios de decisão;
  • Fase do processo de compra (conscientização, análise, decisão)
  • Obstáculos à compra;
  • Canais de marketing em que eles passam o tempo.

Não deixe nada disso ser intimidador! Mesmo que você saiba algumas das respostas e outras não, tudo bem! Trabalhe com as informações que você conhece agora e, quando o tempo permitir, preencha o restante. Isso ajudará você a desenvolver uma lista de palavras-chave que você pode usar para fins de SEO.

O Elemento Humano Do SEO

O melhor SEO é o SEO baseado em humanos. O SEO de alto desempenho não se trata de automação de marketing, atalhos ou plug-ins do WordPress. Não há soluções imediatas ou softwares que resolvem isso da noite para o dia, e serviços de SEO de baixo custo não funcionarão. O melhor SEO é entender o visitante do site, conectar-se a ele em um nível pessoal e ajudá-lo a resolver problemas.
Ninguém está em melhor posição para fazer isso do que você! E isso faz você ser super poderoso.

Os Próximos Passos Para Sua Jornada De SEO

Nosso post de hoje abordou diferentes temas, e esperamos que com isso você esteja pensativo sobre os tópicos acima. Deixe sua mente vagar, pense em você, a quem você serve e como os ajuda. Pense no que o torna único e por que você é a resposta perfeita para o seu público-alvo. Acima de tudo documente seus pensamentos e mantenha uma lista contínua de tudo o que se arrasta enquanto você se dá tempo para pensar e debater.

Nos próximos posts mostrarei como explorar os dados do seu site e a página de resultados do Google para pesquisar possíveis palavras-chave e frases. Assim que tivermos o possível universo de palavras-chave, passaremos para a avaliação e seleção de palavras-chave.

Por fim, passaremos a mapear suas palavras-chave preferidas para o conteúdo atual e futuro. SEO é uma jornada, não um destino, e nosso objetivo é mostrar o caminho e começar sua jornada. Juntos, podemos fazer seu site obter o tráfego certo.

José Luís Vieira

CTO & Founder
Experiente Engenheiro de Computação, mestre e doutorando, com histórico comprovado de atuação no setor de tecnologia da informação e serviços. Excelente comunicador com sólida formação técnica. Especialista em soluções Web, Cloud e AI.